O parecer de um diabolista sobre a 3ª convenção do ABC

Tive o prazer de participar da 3ª convenção de malabares e circo do ABC que ocorreu do dia 15 ao dia 18 de julho e me faltam palavras para descrever este memorável evento.

Chegamos (eu e Gustavo Ollitta) na quinta à noite e desde o começo fomos muito bem tratados. Devido a chuva armamos nossa barraca em um local coberto e após nos estabelecermos já descemos para o salão para treinar um pouco.

A quinta-feira foi tranqüila, dormimos cedo e nos preparamos para os outros dias, onde treinaríamos muito mais.

Conforme o tempo foi passando tivemos a oportunidade de conhecer pessoas incríveis e trocar muitas idéias sobre não só malabares e circo, mas muitas outras coisas. Não é preciso dizer que treinamos muito e só íamos dormir para descansar o corpo, pois a mente não queria abandonar os malabares em nenhum momento.

Na sexta a noite assistimos ao ‘Cabaré’ e sábado a ‘noite de gala’ e aos ‘Renegados’ que contaram com apresentações fantásticas. Além de todas as apresentações, que adicionam muito ao malabarista, ocorreram várias oficinas interessantes que iam desde a manipulação de objetos à introdução a Foot catches/throws com bolas e é claro a oficina de diabolo.

A oficina de diabolo foi ministrada por Felipe Liporoni. Muito aplicado e atencioso, propôs que procurássemos formas não usuais de realizar movimentos que costumávamos fazer e atendeu um participante de cada vez. Tive a oportunidade de encontrar uma saída para um movimento no qual estava trabalhando há meses sem encontrar solução, batizei-o de Vortex double stick swap com dois diabolos.

Se comparado ao número de pessoas que faziam malabares com claves e bolas o diabolo ainda estava em desvantagem, com muito menos participantes, mas acredito que poderíamos contar com muito mais diabolistas nas convenções se esses procurassem se mobilizassem e procurassem freqüentar mais eventos e encontros de malabares.

A 3ª convenção do ABC foi minha primeira convenção, e com certeza não será a última. Deixo aqui a dica para todos os malabaristas que não costumam freqüentar eventos de malabares: Mudem de postura! Vale a pena encontrar pessoas que tem os mesmos interesses que você!

Toda segunda rola o encontro paulista de malabares, conhecido ‘Circo no Beco’, na rua Belmiro Braga, Vila Madalena, São Paulo. Vale a pena conferir!

Espero encontrar mais diabolistas nas próximas convenções!

Até a próxima!

Obrigado e continuem treinando!

Por Lucas G. Abduch, escrito em 19/07/2010

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. adriano silva
    ago 10, 2014 @ 13:36:13

    eai meu nome,adriano da souza e quero saber como se fazer um swing poi bom dia

    Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: