[Diabolo-tutorial] Introdução (Malabarize-se)

E temos o tutorial de introdução aos diabolos no malabarize-se!
Se você ainda não treina diabolos, agora é a hora!

[Tutorial-Diabolo] Helicopter suicide (Sebastian)

Sebastian explica um truque fantástico com um diabolo, o “Helicopter Suicide”!

[tutorial-diabolo] Sticktrap Concept (IJA video tutorial contest 2012)

Tutorial para o concurso de tutoriais da IJA.
Abordando o conceito de sticktraps com diabolos. Exercícios úteis e variações com 1 e 2 diabolos.

Diabolos: Sites úteis para iniciantes.

Alguns sites que me ajudaram muito no começo.

Diabolo.ca
Site essencial para qualquer diabolista, o maior forum online sobre esta modalidade.

Diabolo tricks
Animações em Flash, bem didáticas.

The Diabolo
Site muito bem feito, os vídeos ajudam bastante. O problema é que tem poucos truques.

2diabolo.net
Alguns vídeos de truques com 2 diabolos.

 

 

 

1 Diabolo tutorial: Neck minig combo

[Yo-yos e diabolos] ‘Ninja Vanish’

Dois vídeos curtos que mostram a aplicação de um conceito de yo-yos com 1 diabolo.
Por Marko, o diabolista finlandês que criou o fabuloso conceito do 4 points vertax.
Muito interessante.

 

 

Não é bem um tutorial mas vale a pena assistir.

1 diabolo tutorial: Continuous mini-genocides

Tutorial que me ajudou bastante quando estava aprendendo este truque.
Já é bem antigo. Explica muito bem!
Se houver qualquer dúvida não hesite em perguntar!

 

Estilos de manobra com 1 diabolo

No artigo anterior conhecemos as principais modalidades com diabolo. Cada modalidade possibilita uma diversidade incrível de manobras. Podemos dividir estas manobras em diversos estilos diferenciados, alguns diabolistas preferem trabalhar mais com alguns estilos do que outros, porém, diabolistas mais experientes buscam, muitas vezes, misturar vários dos estilos, criando combinações incríveis!

Podemos enquadrar quase todas as manobras nos seguintes estilos:

 

Aceleração: Manobra básica e necessária para qualquer bom diabolista conseguir realizar combinações longas com vários estilos de manobra. Os principais tipos de aceleração são: Horizontal whip, Loop acceleration e Chinese acceleration.

 

Sun: Manobra que normalmente não tem um alto nível de complexidade, consiste em “levar” o diabolo em movimentos circulares e pode ser combinado facilmente com giros e movimentos corporais. Existem diversos tipos de suns, desde movimentos que passam o diabolo por entre os braços ou que cruzam as baquetas até suns que passam o diabolo pelas pernas ou até as costas.

 

Tutorial com alguns tipos de suns:

 

Grind: Consiste em colocar o diabolo nas baquetas, possibilita um número limitado de variações, porém pode ser facilmente combinado com diversos outros estilos de manobra. Todos os tipos de grind diminuem a velocidade do diabolo. Porém existem recordes de grinds, feitos com uma determinada técnica, que duraram mais de 9 minutos!

 

Body: Toda e qualquer manobra que envolve partes do corpo. Os bodies mais básicos são os que o diabolo passa pela perna ou pelo braço. Porém também existem diversos bodies em que o diabolo passa pelas costas ou realiza movimentos complicados envolvendo mais de uma perna ou braço. Diabolistas que apresentam seqüências muito boas com movimentos corporais são: Vux (The mad french posse), Petit Lu, e William Crackers.

 

Magic Knot (Nó mágico): Manobra em que parece que há um grande emaranhado de nós no diabolo e que ele ficará enroscado na corda, mas que na verdade são apenas combinações simples que liberam o diabolo no ar. São ótimas pontes de ligação entre manobras.

 

Whip’s e Whip catch: Whip Catch é o conhecido “chicote” que também se divide em inúmeras variações. Whip’s são manobras onde a baqueta bate em uma porção da corda e são laçadas determinadas partes do diabolos (ex: copo frontal), não possuem grandes variações mas possibilitam diversas aberturas para realização de magic knots. Os pricipais são: J-whip e C-whip.

 

Suicide: Qualquer manobra em que uma baqueta ou as duas saem das mãos do diabolista. Existe um grande número de suicides e eles podem se desenvolver em Genocides, onde o diabolo sai da corda, a baqueta dá uma volta completa sobre o diabolo e o pega de novo. Ex: Chinese suicide, infinite suicide, slowcide, Genocide.

 

Integral: Manobra onde num certo momento, o diabolista segura apenas na corda, enquanto as baquetas giram em torno do diabolo O integral mais conhecido é chamado de eric’s integral ou Tomicide. Também possibilita muitas variações.

 

Vídeo de um integral genocide:

 

Com certeza existem outros estilos de manobras com 1 diabolo, mas aqui estão os mais utilizados e conhecidos pelos diabolistas do mundo inteiro. Muitos deles também se aplicam para 2 ou 3 diabolos, como veremos em artigos futuros. Alguns diabolistas preferem estilos baseados em bodies, outros em suicides, mas os grandes diabolistas conseguem combinar de uma maneira fluida todos os estilos e se destacam por isso.

Independente do seu estilo preferido não se esqueça: Continue treinando!

 

Lucas G. Abduch, escrito em 15/03/2009

Diabolo: Introdução e modalidades

O diabolo é um malabares muito difundido no exterior (principalmente na Ásia e na Europa) que vem ganhando força no Brasil durante os últimos anos. Hoje em dia o diabolo já se espalhou pelo nosso país inteiro, e muitas pessoas vêm se destacando no cenário nacional.

A arte do diabolo está sempre em desenvolvimento. Todos os dias surgem novas manobras, estilos e variações que muitos pensavam que nunca seriam possíveis. Como em diversos outros tipos de malabares (bolinhas, devil stick, claves, etc…) o diabolo pode se dividir em diversas modalidades. Entre elas estão:

1 diabolo: Por onde todos os diabolistas começam. Possibilita a maior quantidade de manobras. É aconselhável se aperfeiçoar com 1 diabolo antes de começar a treinar com…

2 diabolos: Também possui uma grande variedade de truques. Muitas das manobras feitas com 1 diabolo também podem ser feitas (com algumas adaptações) com 2 diabolos.

Além das manobras convencionais, a modalidade ‘2 diabolos’ se divide em 2 estilos:

– 2 diabolos low: o mais tradicional, onde os diabolos se mantém baixos, na altura da corda.

– 2 diabolos high: onde os dois diabolos são jogados em movimentos circulares acima da cabeça do diabolista. Possibilita uma menor quantidade de manobras, mas também exige treino e concentração.

3 diabolos: esta modalidade também possibilita ser jogada na corda (low) ou no alto (high).

Para se jogar com 3 diabolos é necessário muito treino e persistência. O movimento das mãos é muito importante e pode ser sincronizado (mãos se movendo para cima e para baixo simultaneamente) ou não sincronizado (enquanto uma mão se move para cima e outra se move para baixo e vide-versa)

Neste tutorial podem ser encontradas informações mais detalhadas:

http://www.juggling.tv/vaults/view_video.php?viewkey=d6640e4fe47854476d13

4 5 e 6 diabolos: Já há algum tempo existem jogadores de 4, 5 e até 6 diabolos no alto, porém no final do ano de 2008 começaram a surgir pelo mundo jogadores tentando uma nova modalidade: 4 diabolos low!

Aqui está um vídeo com um hand start de 4 diabolos low com os 4 diabolos parados:

Também existem tentativas de 4 diabolo low a partir dos diabolos no alto (high).

Vertax ( ou Excalibur): uma modalidade diferente e que também possibilita uma infinidade de manobras. No excalibur, ou vertax (vertical axis/ Eixo vertical) como é mais conhecido, o diabolo fica na vertical e se mantém, para os destros, do lado direito da cabeça, entre o ombro e a mão.

É necessário muito cuidado e uma área livre relativamente maior para se jogar com o diabolo na vertical.

Um diabolista conhecido por revolucionar as idéias no vertax é Marco De Matteis(M4U)..

Estas são algumas das modalidades possíveis com diabolo. Cada modalidade se divide em diversos estilos e possibilita milhares de variações.

Lucas G. Abduch, escrito em 08/02/2009

Tutorial – Diabolo básico

Alguns truques bons para quem está iniciando com diabolos.

Entradas Mais Antigas Anteriores

%d blogueiros gostam disto: